Carta Agradecimento Raquel

Carta Agradecimento Raquel

07 de Outubro, 2015. A Historia da Raquel

A Raquel tem seis anos. Nasceu normalmente, após uma gravidez desejada e feliz mas quando deveria começar a dar os primeiros passos…. Isso não aconteceu…

Após muitos exames e contratempos, opiniões diversos, avanços e recuos lá tivemos o diagnóstico… A raquel sofre de uma paralisia cerebral com diplegia espática, impedindo-a de andar.

Tomada consciência da doença e das limitações que a mesma induz, começou a nossa busca por tratamento que lhe proporcionasse independência e lhe concedesse a naturalidade de uma vida autónoma…

Nada foi fácil. Desde de um ano e meio de idade que diariamente realiza fisioterapia, além de muitos tratamentos invasivos e dolorosos sem qualquer tipo de sucesso, apesar da força e da sua persistência, foram parcos os resultados e continuava absolutamente dependente de terceiros para a sua locomoção.

Nesse momento decidimos que tínhamos de fazer algo mais, mudar a terapia. Quando ouvimos falar da Terapikuba, fomos à primeira consulta e nela o Mário Sichel disse-nos que a Raquel tinha muito potencial para poder andar sozinha e poderia ficar com um padrão de marcha até 80%.

Nós decidimos tentar, com muitos dos médicos que sempre nos acompanharam a não entenderem esta nossa opção por um tratamento menos convencional que aquele que o serviço nacional de saúde nos tinha oferecido.

Então foi assim:

  • Em Outubro de 2014 começamos a fazer fisioterapia na Terapikuba. No início 3 a 4 vezes por semana durante 1 hora. A evolução foi notória. Mas ainda muito longe da marcha… Sessões havia na qual ela conseguia três passos seguidos que nos dava grande alento, para no momento seguinte nos devolver de novo á tristeza de a voltar a ver sem equilíbrio… sem um único passo independente.

Estava na hora de avançar para um novo patamar. A 15 de Fevereiro de 2015 foi operada no México (realizou uma tenotomia multinível bilateral). Andou 6 semanas com gesso. A 30 de Março de 2015 retirou o gesso;

  • 31 de Março de 2015 começou com uma fisioterapia intensiva (6 vezes por semana durante 2 horas) No final de Abril já tinha começado a dar os primeiros passos sozinha; • A 19 de Maio de 2015 pela primeira vez foi nos dito pelos terapeutas que a Raquel já possuía padrão de marcha. Finalmente! • No mês de Agosto e até 15 de Setembro de 2015 (altura em que começou a escola) fez fisioterapia 4 horas por dia durante 6 dias da semana; • Neste momento a Raquel já se levanta sozinha do chão sem qualquer tipo de apoio; • Apesar de ainda ter de ganhar consistência já anda SOZINHA.

Nós, os pais da Raquel, o que estamos a sentir neste momento? Não sabemos… porque é uma mistura grande de sentimentos muito bons, mas uma coisa temos a certeza, termos entrado na TERAPIKUBA foi sem qualquer tipo de dúvida a melhor decisão que tomamos em toda a nossa vida.

facebooktwittergoogle_pluslinkedinfacebooktwittergoogle_pluslinkedin

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

10 − six =